Agrolândia, conheça a nossa terra!

   

Por volta de 1916 chegaram os primeiros colonizadores descendentes alemães, instalando-se na localidade então conhecida como Trombudo Alto. Em 1958 tornou-se distrito de Trombudo Central e em 1962 passou a categoria de município com o nome de Agrolândia, emancipando-se politicamente em 12 de junho daquele ano.

Conhecida como a Terra das Tradições Agrolândia tem uma economia bastante diversificada, de forma mais expressiva a indústria têxtil, metal mecânica, além da grande força da agricultura que são os principais geradores de renda e empregos

    

Trazemos no sangue a descendência de um povo que é ordeiro e um povo trabalhador. É nessa terra de verdes matas que vivem mais de 11 mil Agrolandenses, cidade de povo simples e acolhedor.

A tradição germânica tem presença marcante em Agrolândia, através das danças folclóricas e as festas populares, além do destaque pela gastronomia. Uma das comemorações de destaque é a de aniversário da criação do município, com a já tradicional Festa da Colheita, a FECOL, atrai milhares de pessoas todos os anos e é a maior festa da colheita do Alto Vale do Itajaí. As festas de Rei e Rainha do Tiro e do Bolão são também realizadas anualmente e caracterizam-se pela realização de competições e apresentações de bandas típicas.

   

Com distância de 14 km da BR-470, Agrolândia mantém as características de sua colonização. As pequenas propriedades rurais, o relevo formado por planícies e montanhas e o clima característico do sul do Brasil oferecem desde cachoeiras, florestas e vales até a hospitalidade e a boa cozinha do interior, que são um grande atrativo para o turismo regional.

Dentre seus equipamentos de lazer, oferece pesque-pague, parques aquáticos, hotéis e restaurantes, além de toda a paisagem e arquitetura local. Como diferencial turístico do município, a sugestão é visitar o Vale das Artes, que possui trilhas que levam seus visitantes ao convívio com a mata nativa e águas cristalinas das cachoeiras do local, acompanhando em seu percurso inúmeras esculturas entalhadas em pedras de arenito. É a harmonia entre a natureza, o homem e a arte.

    

Agrolândia, minha terra meu amor!